Banner DeCanter

As boas safras de Montevidéu e Maldonado

País se destaca em 2018 como grande produtor de vinho e formador de futebolistas –

Mirante existente na vinícola Alto de La Ballena

Montevidéu/São Paulo – julho de 2018 – Existem dois pontos em comum entre os Vinhos e o Futebol uruguaios principalmente nos departamentos de Maldonado e Montevidéu. A primeira é a paixão pelos temas, exalada através da pele de cada cidadão do Uruguai e o segundo ponto está nas safras de vinhos premiados e de jogadores que estrelam na seleção “La Celeste” nesta copa – grande parte provenientes dessas regiões, sendo pés que nasceram da mesma terra.

Este ano, alguns vinhos e bodegas uruguaios localizados nessas regiões foram eleitos como favoritos pelo guia Descorchados, organizado pela revista Adega e pelo site Tripadvisor. Em Montevidéu cita-se Bouza, Carrau e Spinoglio e em Maldonado a Bodega Alto de La Ballena.

 

Visita na Bodega Spinoglio

Esses dois departamentos são muito característicos e especiais por seu clima e terroir. Vale muito a pena visitar nessa época do ano, pois além de receber o festival da “Poda y Cocina Criolla” durante todo o mês de julho, o turista pode passear, tomar vinhos e apreciar os jogos da copa e o show dos jogadores do país.

Seleções Montevidéu – jogadores e vinhos premiados

 

Retrato familiar Bouza

Nas safras das seleções de Montevidéu estão no futebol nesse mundial o goleiro Martín Silva (Goleiro), os defesas Sebastián Coates e Martín Cáceres, o ataque Maximiliano Pereira, Guillermo Varela e os meio-campistas Carlos Sánchez, Diego Laxalt e Jonathan Urreta Viscaya. Já, nos vinhos estão entre os melhores do Descorchados o blend tinto integrado por  Tannat, Merlot e Tempranillo Monte Vide Eu 2016 e o Riesling 2016 ambos da Bouza, e o espumante Dixième Brut Nature Chardonnay da Bodega Carrau.

Família Carrau

Por estarem localizadas próximas a capital uruguaia e por sua importância histórica, é a região que domina o consumo de vinho no país e têm os vinhedos mais antigos, possui solo extremamente fértil, onde os produtores realizam controle dos rendimentos e procuram por solo com características mais pobres e pedregosas para obter uvas com mais qualidade.

Experiência Alto de La Ballena.

Seleções Maldonado  

Nas safras das seleções de Maldonado estão no futebol nesse mundial Martín Campaña – Goleiro e o meia Nahitan Nández. Já na seleção de vinho a dica aqui é o melhor mescla tinta (Cabernet Franc, Merlot e Syrah 2013)  Cetus Cuvée, da Alto de La Ballena.

Os vinhos produzidos nessa região, composta também por um dos Balneários mais luxuosos do mundo: Punta Del Este, são de terroir mais jovem, onde o solo passou a ser explorado recentemente para a vitivinicultura. Região de forte influência oceânica, com ventos constantes que ajudam a controlar a umidade, boa amplitude térmica e solos pedregosos com excelente drenagem.

Restaurante existente nas dependências da Bodega Bouza – Montevidéu

Fonte: Fernanda Bertin

Mistura: Festival de Sabores em Lima, capital do Peru
Semana dos Produtores Alentejanos em Évora - de 02 a 07 de julho de 2018

Category: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *