Chega ao mercado o Coleção Privada Domingos Soares Franco Moscatel de Setúbal 2002 – Armagnac

O Coleção Privada DSF Moscatel de Setúbal 2002 – Armagnac é o mais recente vinho de Domingos Soares Franco a chegar ao mercado. Resultado de vários anos de ensaios este Moscatel de Setúbal é elaborado com recurso a uma aguardente vínica de grande qualidade da região de Armagnac, e revela o espírito criador e a paixão do enólogo Domingos Soares Franco pela viticultura e enologia.

 

Domingos Soares Franco é o mais novo dos dois representantes da sexta geração da família que gere a José Maria da Fonseca e é, para além de vice-presidente, o enólogo principal da empresa. Apesar de assinar todos os vinhos, Domingos Soares Franco reservou para si uma colecção especial onde se permite experimentar, inovar e criar novos perfis de vinhos.

Com acesso a um enorme campo ampelográfico de castas e a mais de 650 hectares de vinha, Domingos Soares Franco reuniu todas as condições para evoluir também na produção de Moscatel de Setúbal. Em 1998, iniciou 5 anos de ensaios em que, com uvas da mesma vinha fez vinho com 4 tipos de aguardentes diferentes: uma neutra, outra de origem da região de Cognac, outra de origem da região de Armagnac e um quarto lote com 50% destas últimas. Após 5 anos de provas, o lote de Armagnac destacou-se pela sua subtileza, frescura, complexidade e harmonia.

A crítica nacional e internacional tem aplaudido este generoso de perfil e carácter único atribuindo desde o seu lançamento elevadas notas. Destaque para os 18.4 pontos da Wine Enthusiast, para o Colecção Privada DSF Moscatel de Setúbal Superior Armagnac da colheita 2001.

 

 

Sobre José Maria da Fonseca: Fundada há mais de 180 anos, a José Maria da Fonseca é um dos líderes nas áreas da produção e comercialização de vinhos de mesa e generosos em Portugal, encontrando-se as suas marcas presentes em mais de 70 países. O portefólio da José Maria da Fonseca engloba mais de trinta marcas de grande qualidade, representativas das principais regiões vitivinícolas nacionais. Muitas delas são hoje casos de popularidade a nível nacional e internacional e autênticos emblemas do nosso País. Este sucesso decorre do enorme investimento humano e material e de uma constante capacidade de renovação por parte da José Maria da Fonseca que, ao longo da sua história, e atualmente já na sétima geração, tem sabido preservar uma herança preciosa sem descurar a modernização, correspondendo aos padrões de exigência que os consumidores dela esperam e surpreendendo a cada passo.

 

 

À direita Domingos Soares Franco – Clubdojeriel.jpg

Sobre Domingos Soares Franco: Domingos Soares Franco, enólogo e vice-presidente, é o mais novo dos dois representantes da sexta geração da família que gere a José Maria da Fonseca. Estudou em Davis, na Califórnia e começou a trabalhar na José Maria da Fonseca nos anos 80. Desde então, tem introduzido inúmeras alterações nos vinhos produzidos por esta empresa, tornando-se um dos mais inovadores enólogos da nova geração em Portugal. Enquanto enólogo a sua primeira grande influência foi sem dúvida a de seu Pai, Fernando Soares Franco. Também António Porto Soares Franco, seu tio, marca-o tremendamente, homem de grande visão, que entre outros feitos marcantes merece ser reconhecido como criador do Lancers, um dos vinhos portugueses mais conhecidos em todo o mundo e o primeiro “best-seller” a nível internacional da José Maria da Fonseca.

Para mais informações, por favor, contacte: Gabinete de Imprensa | Global Press Indulge

Isaura Costa de Andrade / E-mail: [email protected]/ Tlm: 927 975 760 | Ana Filipa Lopes / E-mail: [email protected]/ Tlm.: 914 369 706

Av. António Augusto de Aguiar 148 6.º andar / 1050 – 021 Lisboa / www.global-press.com / TEL: 21 394 40 20

(Visited 2 times, 1 visits today)
Brasil adere a movimento mundial que incentiva consumo moderado de vinho
Sideways no Wine Movie Peterlongo de dezembro

Category: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *