Banner DeCanter

Chile traz ao Brasil ‘Vinhos de Clima Frio’

Masterclass conduzida pelo premiado sommelier Marcelo Pino abre a programação do

6º Tasting Wines of Chile em São Paulo, que recebe rótulos emblemáticos de 32 vinícolas chilenas

Com presença maciça nas prateleiras de lojas e supermercados, em restaurantes, na mente e no paladar dos consumidores brasileiro, o Chile fechou 2015 com 53% do mercado de vinhos importados no Brasil, ranking que lidera desde 2002.

 

Sua geografia privilegiada permite a elaboração de vinhos em terroirs extremos – no deserto, entre as Cordilheiras e na região próxima ao mar – e estimula o desenvolvimento de novas tecnologias na indústria vitivinícola chilena. Os vinhedos chilenos são bastante influenciados pelo efeito frio do Oceano Pacífico e da Corrente Humboldt, que começa nas águas gélidas próximas à Antártica e sobe até a costa oeste da América do Sul. Algumas regiões também são cobertas pela neblina Camanchaca, que refresca os vinhedos e permite, no Deserto do Atacama, por exemplo, o fenômeno chamado de ‘Deserto de Clima Frio’.

Rótulos característicos desses fenômenos serão apresentados pelo premiado sommelier chileno Marcelo Pino na Masterclass ‘Vinhos de Clima Frio’, que abre a programação do 6º Tasting Wines of Chile em São Paulo, que este ano traz 32 vinícolas a São Paulo. Para a Masterclass, onze vinhos foram selecionados para expressar as peculiaridades dos rótulos que vêm do frio chileno.

“As uvas cultivadas nas regiões mais frias amadurecem devagar e apresentam sabores mais intensos, produzindo vinhos complexos e equilibrados, com excelente acidez e sabores minerais”, resume Marcelo Pino, eleito o Melhor Sommelier do Chile 2011-2014, segundo melhor sommelier da América e 26º do mundo.

 

Entre os destaques da Masterclass ‘Vinhos de Clima Frio’, estão o Ventisquero Tara Chardonnay, branco elaborado no Deserto do Atacama, e o Casa Silva Cool Coast Pinot Noir, cuja uva é amplamente beneficiada pelo clima frio. Completam a lista de vinhos os rótulos Montes Outer Limits Sauvignon Blanc, Errazuriz Aconcagua Costa Chardonnay, Emiliana Signos de Origen Blanco, Morandé Creole Cinsault, Siegel Single Vineyard Carmenere, San Pedro Kankana Syrah, El Principal Memorias, Santa Rita Casa Real Cabernet Sauvignon e Cono Sur Silencio Cabernet Sauvignon.

“Selecionamos vinhos que vão oferecer um rico panorama da diversidade vitivinícola do Chile, especificamente em nossosterroirs mais frios. São vinhos altamente complexos, estruturados e elaborados sob condições bastante particulares, demonstrando o elevado nível em que se encontra, hoje, nossa indústria vitivinícola”, explica Mario Pablo Silva, presidente da Wines of Chile.

Oscar Paez, do ProChile Brasil, chama a atenção para a importância do evento no mercado brasileiro: “O Tasting Wines of Chile em São Paulo é um dos eventos mais aguardados pelo setor de vinhos no Brasil. É a oportunidade de fortalecer a presença da oferta chilena de vinhos e reforçar as parcerias comerciais existentes entres os mercados do Chile e do Brasil no que diz respeito a um importante setor da nossa economia. É muito importante lembrar que o vinho do Chile é um dos poucos produtos da ‘cesta de exportação’ do Chile para o Brasil que conseguiu aumentar os envios em 2015 com relação a 2014”.

Confira abaixo as 32 vinícolas que participam do 6º Tasting Wines of Chile em São Paulo: Anakena, Aresti, Bisquertt, Carmen, Casa Donoso, Casa Silva, Casablanca, Cono Sur, Cousiño Macul, Cresmaschi Furlotti, El Principal, Emiliana, Errázuriz, Indómita, La Ronciere, Leyda, Montes, Morandé, Pérez Cruz, Requingua, San Pedro, Santa Carolina, Santa Ema, Santa Rita, Siegel, Sutil, Tabalí, Tarapacá, Terranoble, Valdivieso, Via Wines e Viña Ventisquero.

 

#WinesofChileSP

 Wines of Chile

 

A Wines of Chile é a associação responsável por divulgar os vinhos chilenos no mercado mundial. Representa cerca de 90 vinícolas e, além de sua sede em Santiago, tem escritórios em Londres e Nova York, representantes no Brasil, Canadá e Ásia. Trabalha em parceria com a ProChile (Direção de Promoção de Exportações, instituição do Ministério de Relações Exteriores do Chile) para desenvolver e oferecer programas promocionais e educacionais na Ásia, América (Norte e Sul) e Europa.

ProChile

Escritório comercial do Chile no Brasil, o ProChile apoia a promoção das exportações de bens e serviços chilenos, além de contribuir na atração de investimentos estrangeiros e no fomento do turismo do país. Com 40 anos de experiência e uma rede de mais de 50 escritórios comerciais no mundo, o ProChile apoia empresas chilenas a participarem das mais importantes feiras e conferências internacionais, bem como eventos em que empresários de diferentes regiões do mundo se reúnem para estreitarem relações comerciais. Mais informações: http://www.prochile.gob.cl.

Champagne: o ranking das maiores marcas
Nove vinhos de Mendoza para descobrir Gualtallary

Category: Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *