Banner DeCanter

Degustação na loja “Vinhos do Mundo” – Porto Alegre

No começo do ano, este redator acompanhado do amigo e leitor Jacques Martins, participou de uma degustação na loja da importadora Vinhos do Mundo em Porto Alegre – RS (Av. Getúlio Vargas, 1135 – Bairro Menino Deus – Tel: (51) 3232.4820 – (51) 3022.5276). Na oportunidade, puderam ser degustados três vinhos do extenso portfólio. O serviço do vinho, a cargo do Sommelier Diego, foi atencioso, perfeito. A seguir as descrições e avaliações:

Vinho Espumante Santo Isidro de Pegões Extra Bruto – Álcool: 12% – Variedade: Moscatel – A Península de Setúbal, região onde estão situadas as vinhas da Cooperativa de Santo Isidro de Pegões, caracteriza-se por um microclima com ótimas condições, onde se destaca os solos arenosos mas ricos em água e o clima Mediterrâneo mas com influência marítima devido à proximidade do mar. O resultado são vinhos de personalidade, frescos e balanceados. Analise organoléptica: elaborado de acordo com a cartilha do método champenoise,  com a segunda fermentação em garrafa por 9 meses. Na flûte cor palha brilhante. Bom perlage com formação de coroa de espuma. Intensas notas florais, cítricas e de frutas cristalizadas. No paladar um espumante de personalidade contrastante. A doçura dos aromas não foi confirmada. Seco, mineral, com mais corpo do que se pode supor, é um borbulhante único, que encanta por seu frescor, estrutura e boa acidez.  É do tipo que demonstra toda expertise dos lusitanos na elaboração de espumantes. E o melhor: não custa caro. Avaliação: 90/100 pts.

Minini Montepulciano DOC 2015 – Álcool: 13% – vermelho rubi intenso com discretíssimo halo de evolução. Aromas abertos com notas florais sobre especiarias (cravo-da-índia). Depois de algum tempo frutas negras. Na boca é um vinho tânico (muito boa estrutura de taninos) contrabalançado pela acidez intensa. Concentrado, confirmou as sensações aromáticas com toques vinosos e alguma adstringência ao final. Sua vocação é verdadeiramente a mesa. Avaliação: 87/100 pts.

Carramimbre Reserva 2006 D.O. Ribera del Duero – Álcool: 14,5% – Região: Valladolid/Peñafiel/Ribera del Duero – Variedade: Tinta del País (90%) e  Cabernet Sauvignon (10%) – vermelho-rubi com reflexo granada brilhante. Nariz intenso de alta complexidade com notas de caramelo, uva passa, couro sobre um fundo defumado/balsâmico. No paladar, é um vinho que está no auge da evolução. Seco, taninos macios, expansivo, de ótima acidez com o álcool integrado. Tem camadas de sabores com destaque para chocolate amargo emoldurado por forte tostado. O fim-de-boca é longo, salivante, convidativo. Um Ribera del Duero em estado puro, prontíssimo para ser bebido. Avaliação: 90/100 pts.

 

Produtor de Barolo Giuseppe Rinaldi morre aos 70
Lançamentos 2018 da importadora Mistral

Category: Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *