The Coco Chocolate Merlot Stellenbosch 2013

A África do Sul, apontada como o mais velho produtor de vinhos dos países do chamado “Novo Mundo”, faz alguns vinhos elogiados pela crítica internacional. Alguns de seus vinhos se parecem com os similares europeus e vez por outra recebem altas pontuações de revistas como Wine Spectator (EUA), Decanter (Inglaterra) e da crítica local capitaneada pelo experiente John Platter (autor do festejado South African Wine Guide). A indústria do vinho deste país começou a reagir após o fim do regime do “apartheid”, em 1990. Em 2 de fevereiro daquele ano, um discurso do Presidente De Klerk deu início ao desmonte do regime opressor condenado mundialmente e isso possibilitou a reabertura e o consequente sucesso das vinícolas do Cabo e do restante do país.  Fonte: Hugh Johnson – Guia de Vinhos de Bolso 

01 Coco

Degustação –

The Coco Chocolate Merlot Stellenbosch 2013 – Álcool: 14,5% – Importador: Sam’s Club – Preço: R$ 38 –  produzido por Mooiplaas Wine Estate, que produz a linha de vinhos denominada “The Collection”, integrada por mais dois tintos (Pinotage – The Bean e Shiraz – The Mulberry), um Rosé de Pinot Noir denominado “The Strawberry” e dois brancos denominados respectivamente “The Peach” e “The Lemongrass”. No “The Coco” a ideia é criar um vinho com sabores intensos de “Café Moka” aliado às notas de carvalho bem integrado no paladar. Para conseguir isso, sua ficha técnica informa que “this heavily toasted French oak staves were used”. Análise organoléptica: boa cor, intensa, profunda, a denotar concentração. Nariz complexo remetendo aos cânones da variedade: frutas vermelhas (cereja) e negras (ameixa), baunilha, coco, chocolate tal como apregoado na sua ficha técnica, o que é alentador. Paladar denso, taninos macios e acessíveis, uma ponta de álcool que não tem o condão de desequilibrar o conjunto, tudo finamente integrado num vinho marcado pela tipicidade e por sua relação preço-qualidade. Na realidade, estamos diante de um Merlot surpreendentemente complexo para um vinho tão jovem e sem pretensões, prova de que essa variedade quando bem tratada resulta vinhos exemplares. Para encontrá-lo no Sam’s Club não é fácil devido à sazonalidade das importações da rede. Avaliação: 89/100 pts.

2017-03-11 19.22.29

Post Anterior
Próximo Post

Category: Vinhos Degustados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Article by: Jeriel da Costa