Banner DeCanter

Vinho do mês de maio de 2018 – Bouza “Viñedo Pan de Azúcar” Merlot 2015

A Bouza é uma vinícola-boutique localizada em Montevidéu gerida por uma família que acredita que produzir pequenas quantidades leva a uma qualidade melhor, os vinhedos da Bodega Bouza ocupam 22 hectares com 13 es em Las Violetas e 9 em Montevidéu, produzindo cerca de 90 mil garrafas por ano. Cinco variedades de uvas são mescladas para produzir muitos vinhos de estilos diferentes. Um exemplo é a Albariño, que a família afirma ser a primeira a cultivar na América do Sul. Os vinhos de destaque, de boas colheitas, podem ser deliciosos, mas exigem tempo para amadurecer. A Bouza também faz um excelente varietal de Tannat, que mostra o que a variedade pode fazer no Uruguai. A vinícola possui um restaurante onde se saboreia a comida regional e onde também se pode provar e comprar vinhos de edição limitada. A coordenação enológica cabe ao respeitado enólogo Eduardo Boido, que enfatiza seu trabalho com cinco variedades bem adaptadas ao terroir local: Tannat, Merlot, Tempranillo, Albariño e Chardonnay. Há promissoras experiências com Riesling e Pinot Noir.

Degustação “vinho do mês”–

Bouza Merlot Viñedo Pan de Azúcar 2015 – Álcool: 14% – Região: Maldonado/Pan de Azúcar – Importadora Decanter – Apenas 2.808 garrafas produzidas deste tinto amadurecido 10 meses em barricas de carvalho francês; a região de Maldonado/Pan de Azúcar tem sua característica climática fortemente influenciada pelo Oceano Atlântico devido à sua proximidade. Os solos são limosos e argilosos, com alta percentagem de calcário e rochas sedimentares. Para sua elaboração é feita seleção manual da uva grão em grão. Fermentação controlada 26°C. Maceração durante dez dias com duas remontagens. Amadurecimento durante 14 meses em barricas de carvalho francês. Análise organoléptica: na taça exibiu cor violácea brilhante com halo granada em formação nas bordas. Aromas típicos que remetem aos cânones da variedade: especiarias em profusão, ameixas, notas balsâmicas e tostadas revezando-se entre si com boa sustentação na taça.  Tem alguma doçura equilibrada pela acidez resultando num vinho fresco, mineral, encorpado, sápido e sobretudo, muito prazeroso de beber, com a fruta se destacando. Um vinho bem construído, de uma excelente safra, harmônico e equilibrado, um dos melhores representantes da Merlot no Uruguai. Final persistente e macio. Avaliação: 90-91/100 pts.

Vinho do mês - fevereiro 2016: Lucas Reserva Cabernet Sauvignon 2013

Category: Vinho do mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *