Banner DeCanter

Moscatel Roxo de Setúbal Superior 1918 conquista Prêmio Excelência do Vinho

22.ª edição dos prêmios “Melhores do Ano” da Revista de Vinhos –

 

O Moscatel Roxo de Setúbal Superior 1918 conquistou o Prêmio Excelência – Melhores do Ano 2018, com 19.5 pontos, na Cerimônia de Entrega de Prêmios da Revista de Vinhos, na sexta-feira passada, na Alfândega do Porto. Lançado no final do ano passado, este moscatel já tinha sido “altamente recomendado” por esta publicação, integrando agora o top 30 dos melhores vinhos nacionais.

As notas de prova atribuídas pela Revista de Vinhos revelam a riqueza e raridade deste moscatel: “Encantador no nariz, na incrível e inacreditável frescura, no ataque primoroso, na gordura do meio palato, na musculatura e energia no final da boca, na acidez pungente que o transporta para um desfecho esmagador. Emocionante!”

No final do ano passado, no âmbito da comemoração dos 184 anos da José Maria da Fonseca e dos 100 anos do nascimento de Fernando Soares Franco (membro da 5.ª geração da família), foram levadas a leilão 184 garrafas numeradas deste Moscatel Roxo de Setúbal Superior.

5 vinhos nos “Melhores do Ano”

Além do Moscatel Roxo de Setúbal Superior 1918, foram premiados nesta gala mais 4 vinhos da José Maria da Fonseca. Na categoria dos “Melhores do Ano”, foi incluída a JMF Aguardente Velha Reserva 1964, com 18 pontos, tendo sido a aguardente mais bem pontuada pela Revista durante todo o ano, e os tintos produzidos na Península de Setúbal Hexagon 2009, com 17.5 pontos, o Periquita Superyor 2015, também com 17.5 pontos e o Colecção Privada DSF Touriga Francesa 2013 com 17 pontos.

 

Sobre José Maria da Fonseca: fundada há 185 anos, a José Maria da Fonseca é um dos líderes nas áreas da produção e comercialização de vinhos de mesa e generosos em Portugal, encontrando-se as suas marcas presentes em mais de 70 países. Ao longo dos anos a demonstrar uma crescente preocupação face aos fatores ambientais, a José Maria da Fonseca orgulha-se de utilizar as melhores práticas no tratamento da vinha, na gestão dos recursos naturais, na sua preservação e conservação, tendo sido a primeira produtora de vinhos certificada nesta área, ainda antes do aparecimento das normas ambientais ISO14001. O portfólio da José Maria da Fonseca engloba mais de trinta marcas de grande qualidade, representativas das principais regiões vitivinícolas nacionais.  Muitas delas são hoje casos de popularidade a nível nacional e internacional e autênticos emblemas do nosso País. Este sucesso decorre do enorme investimento humano e material e de uma constante capacidade de renovação por parte da José Maria da Fonseca que, ao longo da sua história, e atualmente já na sétima geração, tem sabido preservar uma herança preciosa sem descurar a modernização, correspondendo aos padrões de exigência que os consumidores dela esperam e surpreendendo a cada passo.

Peterlongo lança e-commerce e chega em todo o Brasil
Adobe Reserva Rosé: o vinho orgânico do verão

Category: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *